quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Viver é um exercício de paciência

Quando eu penso que meus problems acabaram, surgem-me outros, inesperadamente. Affff! Ai, desculpem-me, estou num momento de revolta porque acabei de perceber que o meu pagamento veio errado. E amanhã, terei mais um aborrecimento para resolver. Nossa, como não gosto disso... Sei que isso é recorrente, que é igual para quase todo mundo, mas ainda me impressiono como tem gente idiota e imbecil no meu trabalho.

Porém, hoje, por outro lado, aconteceu-me uma coisa quase
divina: eu viabilizei meios para ajudar um aluno meu que tem MUITO potencial, mas um problema de aprendizagem SERIÍSSIMO. Ou seja: realmente fiz algo bom para algum aluno, que vai fazer a diferença de verdade - espero! Mas tenho os pés no chão (e a cabeça nas estrelas): tenho consciência de que problemas de aprendizagem, para serem resolvidos, requerem paciência (de todos), perseverança (de todos) e vontade (principalmente do outro).

Bom, desabafei, hehehehe. Agora, falemos sobre RA e exercícios.

Eu percebi que eu eu estava me alimentando muito mal na semana passada. Na hora da fome, só comia porcarias. Sábado eu me pesei, e o resultado foi 61,2 kg. Tá, são 700g de diferença e não tô me sentindo nem um pouco gorda, mas devo dar uma freada agora para as coisas não descambarem, né?

E foi o que eu fiz: comecei a prestar mais atenção ao que eu estava comendo. As coisas deram uma boa melhorada.
*o quesito água tem deixado a desejar. Vou prestar
mais atenção ainda a isso.

Quanto à academia, eu sei o quanto já falei aqui dos benefícios que ela traz e que me trouxe. Mas tô pensando seriamente em só voltar a treinar no ano que vem! Não fui no último mês pra estudar sem remorsos. E não sei se vale a pena pagar este mês para ir poucos dias... Vou pensar e resolver até segunda-feira.

Eu estava enganada no post passado: as minhas grandes obrigações do ano ainda não acabaram! Tenho um monte de coisas para fazer ainda:
- Terminar de organizar minhas cadernetas e de passar as notas. Beleza, vida de professora é assim mesmo. Mas hoje não estava mais agüentando ver na minha frente planilhas de notas! Dei até um tempo.
- Organizar e terminar de montar um trabalho dos alunos, o qual deve ser enviado pelos Correios para se consumar! E isso envolve colagem, encadernamento, etc. Eu sou daquele tipo de professora que
inventa moda e depois acaba se matando de trabalhar para dar tudo certo. Mas sei que, no fim, é para o bem dos alunos.
- Decidir onde vou passar as Festas. Isso vai depender da
correção do meu pagamento .
- Comprar o presente de Natal do meu namorado.
- Montar um currículo para mandar para uma escola específica (meu sonho profissional aqui na minha região!).
- Escrever e mandar cartões de Natal para as pessoas que meu coração sentir uma vontade legítima.

Ah, sim, e
pacabá: eu tenho outro concurso domingo. O terceiro em 20 dias. Mas não estou muito preocupada com esse. Vou ler a legislação, dar uma olhada na teoria. Não estou muito encanada, não. Nem vou passar o sábado estudando. Vou ficar com o namô, curtindo.

Quanto ao concurso do último domingo, eu serei realista: não fui bem o suficiente para passar. Não acertei montes de questões objetivas - o que precisaria para ser classificada. Minha redação ficou mais ou menos, na minha opinião. E eu não tenho muitos títulos para contar pontos... Deixa para uma próxima...

Vou ver se mentalizo algo que me transmita paciência. Mas, sinceramente, não consigo pensar em nenhuma imagem que simbolize paciência! Talvez alguma foto da natureza... Melhor, então, lembrar de um verso da música November Rain dos Guns 'N' Roses:

'Cause nothing lasts forever / Even cold november rain

Tradução: Nada dura para sempre. Nem mesmo a fria chuva de novembro.

Olha, até que bateu com o momento climático, hehehe. Eu gosto de tempo chuvoso nublado, um milhão de vezes isso a calor infernal, mas confesso que a chuva dos últimos dias tem me deixado entediada.

É isso, amigas! Qual o remédio, né, para as obrigações, senão fazê-las?

Mas, por ora, eu vou fazer algo para relaxar, hehehe.

Beijos!

PS: amanhã, atualizo a barrinha do peso.

***update***
Peso no sábado, dia 12/12: 60,4 kg!
E o problema do salário foi resolvido ^^.


3 comentários:

Tetê disse...

Uma imagem que lembre paciência? Formigas trabalhando! Precisa ter muita paciência prá ir naquele passinho levando comida para o formigueiro! Aff... eu não servia prá ser formiga! rs...rs...rs... Que pena que você não foi bem no último concurso. Mas no domingo será diferente e você vai se sair melhor! Quanto ao aluno que você está ajudando, o importante na ajuda não é o resultado alcançado, mas a disposição para ajudar! Bjks, bom final de semana e boa prova! Tetê

Ludimila disse...

Mais óhhhhh....móito bom, querida! Vou te dar uma dica quando tudo parece dar errado: pense que tudo dá dando ou pode dar certo. Quando vc começa a relamar de tudo, parece um ímã. Aí, DE FATO, tudo vai dando errado porque vc coloca mais ênfase nisso. Não quero que vc seja uma uma avoada. Temos que ser realistas, mas o otimismo nunca nos faz mal. Nunca mesmo, viu?Ótima semana!

Tetê disse...

Problema de salário resolvido? Urrúúúú... muito bom, heim! E a prova? Querida, obrigada por mais essa visita!Bjks Tetê