domingo, 24 de janeiro de 2010

Galopando atrapalhadamente

Oi, amigas, tudo bem?

Eu estou, para falar a verdade, mais ou menos. Não gosto de ficar reclamando aqui no blog, mas acho que também não tem porquê eu ficar disfarçando, não é?

Ainda estou viajando e não pretendo ir embora tão logo - tipo amanhã ou depois. Mas não sei o que está acontecendo, só que estou com umas neuras estranhas, como se eu estivesse enchendo o saco aqui, como se as pessoas não gostassem mais de mim como gostavam antigamente, como se uma parenta minha gostasse mais de outras pessoas do que de mim e não me tratasse tão bem como. Aham, sei que parece doentio isso... E a questão é que RACIONALMENTE eu sei que não tm nada a ver pensar essas coisas. NADA A VER. Mas eu não consigo evitar, não consigo me controlar e me sinto angustiada e triste.

Quais as minhas providências para melhorar? Ainda tenho que pensar melhor sobre, mas vou:
a) ligar para o meu psicólogo e conversar com ele sobre o assunto - para eu ligar assim para ele, é sinal de que estou quase inteiramente desesperada.
b) escrever no meu diário tudo o que estou sentindo. Me sinto bem quando expresso TUDO em palavras, sem autocensura.
c) ficar mais calma e ser eu mesma.

Por enquanto, é isso. Acho que arrumar umas coisas para fazer também é bom. Creiam: nem rezar está adiantando muito :(.

Bom, quanto à alimentação, por causa desse vai-e-vem emocional, eu estou comendo além da conta, Ingerindo mais comida e mais junkie food! E estou bebendo pouca água também. De exercício físico, só o mínimo do dia-a-dia.

Outra coisa que não está ajudando é que eu ando gastando muito dinheiro
- e nem sempre bem gasto: umas vezes com coisas úteis (mas não urgentes), outras com bobagem (como pizzas, lanches, doces).

O que eu posso fazer? Fazer direito... É a minha melhor alternativa. Tomar mais água e comer menos besteiras (gordura e doces).

O positivo dessa história de, um pouco, me empanturrar é que eu acho que enjoei de bolos e tortas - que eram o que eu mais gostava. Fui duas vezes a uma doceria nos últimos dois dias e não achei muito graça...

Bem, bem, bem... É isso. Aos poucos, vou voltando ao meu eixo.

Um beijo a todas e boa semana.

14 comentários:

Débora disse...

Oi amiga!
Ainda não experimentei, mas dizem que é bom!
Amanhã posto as minhas impressões sobre o iogurte..
Sabe, lendo o seu post fiquei pensando que eu também estou gastando muita grana... aiaiaia
Bjinhos e boa semana!!

NÉBIA disse...

Oi Querida!!!Passei aqui para agradecer a força q me deu com seu comentário...foi mto bom o q cada uma de vcs me disseram,me ajudou bastante...Ah eu tb adoro escrever tudo o q estou sentindo em um diário sem restrições,isso tb me ajuda a desabafar...bj!!!Boas semana

Anne Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anne Costa disse...

Olha amiga,eu tenho por mim que mais de 3 dias na casa de qualquer pessoa,começamos a atrapalhar e vice-versa.
Acho que toda família tem uma rotina e quando começamos a mudar isto,é natural que ás elas não se agradam e muda o comportamento até mesmo sem perceber.
Isto não significa que estão gostando menos de vc.

Só se não tiver outro jeito mesmo,mas se viajou pra relaxar,passar uns dias,então acho que já está na hora de pegar seu banquinho e sair de fininho né?rsrs

Porque se estressar,se chatear sem necessidade e ainda mais nas férias não compensa.rsrs

Beijos e uma ótima semana!!!

Sophie disse...

Oi, sou nova no blog e estou procurando apoio para iniciar esta batalha contra a balança.
Muita força pra você!
Beijos,
Sophie

Mirian disse...

Olá! Muitas vezes nos sentimos sozinhas mesmo acompanhadas de tantas pessoas, será que não é isso? Mas seja o que for espero que fique bem. Cuide-se por completo, vc merece esse carinho que só vc pode dar! Bjinhos e uma ótima semana

Anônimo disse...

Corra lá onde for... livraria ou biblioteca e comece a ler "A Cura de Schopenhauer", de Irvin Yalom... um santo remédio pra ajudar a curar esses grilos todos !!! ==Schope

Ludimila disse...

Saudades imensas de vc, garotinha!
Como vai a vida? Tudo bem?
Tenha uma excelente semana!

Beth disse...

Você está cheia de grilos, mas tem consciência deles e fez uma reflexão bacaninha, sabe até por onde sair dessa. Acho que fará bem em procurar, sim, o seu psicólogo. Acho que fará bem, sim, detectar o que mais a está incomodando realmente (e que a faz, talvez, fugir para os grilos) e encarando de frente, tentar resolver.
Acho que se continuar comendo muito além da conta, estará sendo sua adversária, pois trará apra você mais uma insatisfação, então tente redirecionar isto para outra coisa: atividade física, leitura, algo assim.
Fique bem tá?
Beijo

Vi Vi disse...

Oi querida
Eu me sinto meio assim na maioria das vezes. Mas estou tentando canalizar meus sentimentos para outras coisas. Já cansei de tentar me entender. Este último ano eu descontei todas minhas frustrações no cartão de crédito. Consequencias sim! mas vou dando um jeito!
Cabeça pra cima e boa pra frente!
Bjaooo

Ludimila disse...

kd vc, mulher? =O

Cami disse...

Oieeee... to começando tudo agora!!
Preciso de força... to gravando um diário... é bom pq me motiva... eu ADOREI seu blog... virei aqui SEMPREEEEEE
Atualize maissssss
Mil Beijosss
CAMI
http://www.aartedeemagrecer.blogger.com.br

Cami disse...

Oieeee... to começando tudo agora!!
Preciso de força... to gravando um diário... é bom pq me motiva... eu ADOREI seu blog... virei aqui SEMPREEEEEE
Atualize maissssss
Mil Beijosss
CAMI
http://www.aartedeemagrecer.blogger.com.br

Le Vautour disse...

Nossa, por que esta postagem parece ter sido escrita por mim??
Abraços de duas asas!