terça-feira, 2 de novembro de 2010

Minha vida é ou não é uma novela?

Olá, amigas, como vão? Por aqui, tudo certo.

Lembram-se do post meio que de autocomiseração que eu escrevi anteriormente, falando que o meu percurso profissional neste ano? Que estava bem a trancos e barrancos, com mais altos do que baixos? ACREDITEM: dois dias depois eu recebi um telefonema falando que eu tinha sido nomeada para um concurso que eu prestei há três anos!!!! Calculem!!! Mudarei de área de atuação, meu salário dobrará e não precisarei mais conviver com as bruxas daquela escola! HAHAHAHAHA, minha vida parece uma novela, uma montanha-russa!

Já fiz todos os exames admissionais, fui conhecer o lugar onde vou trabalhar, o chefe permitiu que eu encerre o ano letivo na escola... Enfim! Tudo ótimo, tudo muito tranquilo!

Sabem, eu levei muito tapa na cara e muita rasteira neste ano lá na escola. E até sei que quem me passou a perna, digamos, percebeu que se rebaixou, porque eles me cumprimentam, tentam puxar assunto, mesmo sem eu dar trela, sem eu responder! Agora, sinto que estou saindo pela porta da frente. Nem contei a novidade para muitas pessoas e ainda pedi para guardarem segredo, porque, né, inveja e olho gordo são a regra lá.

E são tão medíocres que eu tenho certeza de que vão me olhar e me tratar diferente por causa do meu novo trabalho, por causa do status... Nessas horas, eu penso como, para muitas pessoas, é conveniente e fácil humilhar quem não está numa situação muito favorável, como eu ja estive naquela escola... E quando a coisa muda de figura?

Enfim, isso é só uma observação. Minha vitória é minha vitória, méritos meus - modéstia à parte -, sem apadrinhamento de ninguém, é até mais do que "um dia da caça, outro do caçador". Nem quero comprometer minha tranquilidade atual quanto a assuntos profissionais por causa desse pessoal mesquinho, do que eles vão pensar, etc, se eu devo falar ou não. Estou bastante tranquila quanto ao novo trabalho, nem um pouco ansiosa, de verdade.

---
Quanto ao emagrecimento, amigas, confesso que estou bastante decepcionada. Realmente diminuí a quantidade de comida e de bobagens que eu como, mas isso em NADA se refletiu no peso. Sério, eu até larguei mão por uns dias. Meu namorado diz que pode ser que eu só tenha a impressão de estar comendo menos, mas não estou. Talvez... Acho que vou começar a fazer um diário de alimentação /saco.

Além disso, tô me sentindo bastante gorda e desengonçada o.O. Credo, que imagem feia, né? Mas sério: estou me sentindo flácida e c om gordura localizada, principalmente no abdômen e nos culotes ¬¬. Eu estou com a necessidade de fazer exercícios para modelar o corpo. Tenho que tomar ânimo e fazer, porque, quando a gente quer, a gente faz.

Mas, né, nem posso reclamar da vida por causa disso. Tudo se resolvendo, felizmente.

---

Um beijo, amigas, boa semana!