quarta-feira, 2 de maio de 2012

Dieta vegetariana: será?

Comecei hoje no meu novo local de trabalho - não novo emprego. 

O serviço é bem chato, repetitivo. Não estou criticando, só fazendo esta observação. Tem coisas mais interessantes para se fazer no mundo, mas, por enquanto, pelas vantagens, está otimo.

Mas eu queria falar sobre outra coisa. Perto do trabalho, tem um restaurante vegetariano. Hoje eu almocei lá justamente para experimentar. Devo dizer que não sou uma entusiasta da filosofia vegetariana - não gosto de nenhum tipo de radicalismo, em nenhuma instância da vida. 

Porém, nao sei se foi pelo menu, mas eu me senti BASTANTE saciada no almoço e no resto do dia. E, realmente, não me deu vontade de comer besteiras.

Infelizmente, por preguiça e comodismo - que comportamentos tóxicos! - só comi porcaria no jantar, sabendo que estava errada. Mas NÃO por vontade, por desejo, mas por comodismo mesmo.

Não encaro uma dieta vegetariana, não, mas, por hoje, pelo menos, não tenho nenhuma queixa.

Beijos!

3 comentários:

Andreza disse...

Olá!! eu tb não gosto de radicalismos e nem de restrições, mas repeito as opiniões...mas que bom que vc se sentiu saciada comendo no restaurante vegetariano...um ótimo final de semana!! bjs!!

Bel Manjericão disse...

Também não sou de vegetarianismos, mas acabo deixando carne de lado, por vezes.

A saciedade pode ter a ver com as fibras. Saciam bastante.

Bruxa do 203 disse...

Que bom ter um vegetariano perto do trabalho! Não sou vegetariana, mas adoro esse tipo de restaurante.