sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Teste de produtos light

Olá, minhas flores, como vão?
(Jardim da casa do pintor Monet, na França)

Espero que bem ;).

Bom, vamos às novidades: ontem eu cortei e retoquei a raiz do meu cabelo. Ai, gente, ontem me dava até desgosto de ver o tanto que eu tinha cortado... Mas vocês sabem como eu sou desesperada. Mas aí - momento patricinha - hoje eu tirei umas fotos do meu novo corte e não mudou quase nada. Quero dizer, cortei um palmo, mas ainda não ficou curto. Vejam:


Antes

,
Depois

O antes está aqui neste post. Reparem que meus pneuzinhos das costas diminuíram ;).

Detalhe: um dia eu estava andando de carro com o meu namorado e me olhei no retrovisor. Sabe quando você só vê a parte mais curta do seu cabelo e dá a impressão de que ele é nos ombros? Então, eu fiz isso e fiquei parecida com a Amelinha Mourão. Hahahahahaha.


Ainda falei pro meu namorado: "Se eu cortasse o cabelo assim, o povo ia me chamar de Amelinha Mourão na rua e eu não iria poder nem reclamar". Hahahahaha.

Então, nos últimos dias eu também fiz umas comprinhas light.
Adquiri:

-Suco de Uva Light Parmalat É bom, mas o da Del Valle é melhor, mais gostoso.

-Chá Verde Leão.

Vou ficar nos sachês mesmo e tomar 1 xícara por dia, além de uma xícara de algum outro chá.

Observei uma coisinha: comprando duas caixinhas pequenas, com 15 sachês cada - totalizando 30 -, sai mais barato do que comprar 1 caixa com 20 sachês. Tipo, na caixa maior, o sachê sai mais caro do que na menor. Eu acho que essa caixa maior é uma edição promocional. Mas pelo menos no supermercado onde eu comprei - um WalMart - é assim.

-Molha para saladas Hellmann's, sabor caseiro.

Olha, ontem eu testei esse molho numa salada com brócolis, acelga, couve-flor e cenoura. Eu não gostei, achei muito enjoativo, mas acho que foi por causa da acelga, que já é enjoativa por si só. Vou testar numa salada com folhas para ver como é que fica.

-O livro "Magra e Poderosa", sobre o qual eu tinha lido umas coisas no blog da Flavinha.

Alerta para quem se interessou: não comprem (por enquanto)! Eu vi um erro grosseiro lá e depois falo para vocês, depois que eu terminar de ler. Aí quem quiser comprar, vai estar ciente ;).

O lado chato dos últimos dias: eu tenho tido uma certa preguiça de fazer algumas coisas como usar creme para estrias, passar o gel redutor de gordura localizada, passar os cremes para espinha... Não sei explicar o porquê, não me parece só comodismo. Eu tenho que fazer essas coisas à noite, mas me dá muito sono. O detalhe é que para outras coisas, como ler, ficar na internet, não me dá sono.

Como eu disse ontem para vocês, eu tô tendo uma certa dificuldade para não comer guloseimas, sobretudo as com chocolate. Ontem à noite, depois de ter feito tudo nos conformes, tomei um Danette. E me senti culpadaaaaa... Fiquei quase triste, sobretudo pelo que eu tinha escrito ontem aqui, que não adiantava ter blog e não fazer as coisas certinhas depois... Bom, aí eu pesquisei sobre o valor calórico do Danette e nem achei tão alto, umas 200 calorias. Não é pouco, mas não é muito, então eu melhorei.

Tenho que me controlar mais ainda em relação a essas coisas. Exceção é exceção, não é dia sim, dia não, parafraseando nossa querida Beth. Até resolvi anotar hoje como está sendo a minha alimentação. De resto, eu tenho, como falei ontem, organizando umas coisas emperradas, o que me deixa bastante satisfeita ;).

Beijos!

PS: vontade de comer sushi...


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Boas notícias

Não, não: não emagreci 5 Kg nesta semana, de sábado para hoje, hahahaha. Isso nem seria uma notícia de emagrecimento, mas sim de lipoaspiração, hahahahaha. De fato, me pesei ontem e emagreci apenas 100 gramas (abafa!).

A novidade é que eu já consegui completar 90% da minha listinha de metas da semana. Sabem, percebi nos últimos tempos que eu sou do tipo que tem muita iniciativa, mas pouca "acabativa". Tenho uns 5 livros começados há tempos, 1 ano ou mais, mas ainda não acabei. Começo a organizar coisas "complexas", "complicadas", como as minhas trocentas fitas de vídeo, mas não termino. Fico
meses para arrumar alguma coisa empacada, mas que não esteja realmente atrapalhando. Aí, quando vou precisar, já viram: não tem. Isso é um atraso de vida: a gente tem as coisas, mas não pode usar porque estão quebradas, pela metade, indisponíveis.

É muito bom limpar tudo, se livrar das coisas emperradas na nossa vida, mesmo as mais cotidianas e banais. Não sei, mas acho que deixar as coisas por consertar em casa, quebradas e largadas num canto, papéis para organizar, etc, deixa uma energia ruim no nosso inconsciente. E esta característica da minha personalidade, de ser tão comodista e enrolada para fazer as coisas, eu quero muito mesmo mudar! Essa é uma das minhas metas para 2008.

Quero aprender alguns princípios do Feng-Shui para aplicar aqui em casa ;)

Tenho tido uma certa dificuldade em não ingerir guloseimas, ainda que, quando faço, é em pequena quantidade. Mas mesmo assim, isso não deve ser constante, não posso ficar repetindo sempre, né?

Mas quanto à alimentação, obtive duas vitórias só nesta semana: ontem eu estava com meu namorado lá pelas 18h, numa lanchonete, esperando o horário de ele ir para a faculdade. Não sei explicar o porquê, mas ontem eu estava de mau-humor, chateada. Pensei: "na hora de ir embora, vou passar no Mc Donald's". Mas foi que foi que resolvi não passar.

Hoje também eu tive vontade de passar numa doceria que é no meu roteiro do caminho para o cabeleireiro. Bom, para falar a verdade, eu até fui na porta, mas não havia lugar para estacionar e estava chovendo. Aí eu até cogitei em parar o carro em outro lugar e ir lá a pé. Mas no final calculei: "Ah, peraê! Andar um quarteirão na chuva para comer doce e engordar é muito trabalho". E vim embora ;).

Confesso que o blog me ajuda muito nessas situações. Eu penso: "não adianta ficar mantendo blog, escrevendo e não falar a verdade". E me dá vergonha de só ficar, digamos, pisando na bola e depois encher o saco dos outros (vocês) quando eu ficar chateada por eu ter engordado ou não ter emagrecido.



Bom, gente, é isso. Até tenho mais novidades para contar para vocês, mas deixa para amanhã. Quero visitar vocês agora.


Beijos!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Acabou o chá verde... e agora?

Oi, gente, como estão? Eu estou reunindo minhas forças para retomar a atividade física - leia-se esteira. Quero muito começar algo com pesos. O problema é começar... Como diz um amigo meu: "Eu me sinto bem na academia. O problema é eu sair da minha casa para ir até lá. Se eu tivesse uma academia, eu montaria uma com sistema de van. Tenho certeza que seria o maior sucesso". Hahahaha, e não é verdade? Fazer exercícios é muito bom; o problema é começar.

Mas, enfim, como sabem, estou participando do "
Desafio Desistir Jamais", da Lu Francesa. Uma das tarefas é beber, pelo menos, 2 xícaras por dia de chá verde ou branco. Bom, até agora, eu vinha consumindo o chá verde de saquinho, com adoçante. Esses dias meu chá acabou e, como tenho que renovar meu estoque, resolvi pegar uma liçõezinhas que saiu numa reportagem recente da revista Veja, a qual veio bem a calhar.

Um trecho interessante:

Os chás verdes prontos passaram pelo crivo dos nutricionistas –
com uma ressalva. Para fazerem efeito semelhante ao do chá verde natural, é preciso ingerir uma dose maior. O consumo recomendado varia conforme a concentração de substâncias antioxidantes no produto. Os especialistas traduziram tudo em número de xícaras diárias


Chá verde natural
3
Feel Good
5
Matte Leão
10

Ok. Eu vou de chá natural porque não quero tomar 10 xícaras por dia, afff... Mas o meu problema é: o chá em sachês podem ser considerados natural? Ou só vale o de matinho? Por que o chá preto não tem o mesmo efeito do verde sendo que a composição química deles é igual? Com o detalhe de que o chá verde é mais caro, claro.
Bom, depois eu li no site Seu Amigo do Peito:

MITO: chá verde em cápsulas, saquinhos e a granel têm o mesmo efeito.

VERDADE: em cápsulas ou em saquinhos não faz o mesmo efeito, porque geralmente a qualidade do chá é bem inferior daquele a granel, pois tem ali muito da "poeira" do transporte dos chás, restos dos chás, é meio roubada. Prefira as folhas soltas, você pode constatar sua qualidade, seu frescor, seu perfume, ver se não tem fungo, essas coisas. Eu indico a marca Yamamotoyama (é brasileira, mas cultivada no estilo japonês) em pacote.

Ai, ai... Estou me rendendo ao chá verde em matinho. Dizem que o gosto é tão ruim que me dá até medo. Até tenho umas vontades de fazer uma "experiência" de tomar, tipo, um mês de chá verde em matinho, um mês de chá verde em sachê e um mês de cá preto para ver se os resultados são muito diferentes. O problema é que eu não saberia medir os benefícios e os outros fatores em questão, além do chá. Até saberia, mas não com muita precisão, né?

---

Outra coisa: costumo temperar minha saladas com azeite, limão e sal. Sempre fui acostumada a isso e gosto de comer saladas, mas enjoei deste tempero! Tentei substituir o azeite por óleo de cozinha, mas ficou muito gorduroso, péssimo. Alguém tem alguma sugestão de tempero de saladas que não seja muito engordativo?

---
Inspiração do Dia

Eu ainda terei essas pernas ;).



Um beijão, queridos!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Mais fotos do Pantanal

Oi, gente, como estão? Estou sem muitas novidades: uma gastrite que eu estou estranhando, pois tenho gastrite nervosa, mas não ando estressada para isso; um pouco de preguiça e marasmo, os quais pretendo começar a combater ainda hoje.

Enfim, resolvi, então, falar da minha viagem para o Pantanal, caso alguém tenha interesse em viajar para lá.

Bom, como todos sabem, a graça, digamos assim, do Pantanal são os rios, tanto que muitas pessoas vão para lá para pescar. Eu fui agora em fevereiro, que é o período das cheias dos rios e da piracema, época de multiplicação dos peixes, hahaha, ou seja, época de reprodução. Assim, por ora, a pesca está proibida, coisa que não me faz diferença, e os animais que todo mundo quer ver, como os mamíferos e os répteis embrenham-se na mata, onde é seco. Um dos guias disse que quem quisesse conhecer o Pantanal plenamente deveria visitá-lo em todas as estações do ano, pois ocorrem mudanças significativas por conta das cheias do rio. Eu concordo com isso e, assim, pretendo voltar lá em algum inverno ;). Mas se eu tivesse que indicar alguma época para a pessoa ir, eu diria para ela ir no inverno mesmo, para ver mais animais terrestres.

Campo Grande, a capital do Mato Grosso do Sul, foi a primeira cidade que eu visitei por lá e a achei muito boa. Se eu tivesse que ir para lá por conta de algum concurso público, seria um bom negócio. Lá é uma cidade planejada e, como tal, bem organizada. Para vocês terem uma idéia: o carro mais "velho" que eu vi lá em Campo Grande foi um Fiat Uno! Juro para vocês que lá uns 95% dos carros são de 2005 para cá, uma frota nova. Para vocês verem como a cidade está crescendo (e tem o custo de vida alto).

De Campo Grande, fui para o Pantanal, já no Mato Grosso.

Bem, fui uma viagem absolutamente maravilhosa, para dizer o mínimo. Eu simplesmente me senti purificada, limpei a minha mente mesmo, me desliguei de tudo.

Lá eu:
  • andei de barco de dia, para observar a natureza


Observem a ave no galho
  • andei de barco à noite, também para observar a natureza (e ver jacaré principalmente, hehehe)
Flor "dama da noite" no leito do rio

Em terra firme, uma capivara
  • andei a cavalo dentro do rio
Indo para lá...
  • fui num borboletário (lindo!), o que me proporcionou muita paz

  • vi muitos jacarés. Eles nem são tão asquerosos quanto parecem.

  • curti demais mesmo a natureza

Um ribeirinho pescador


Bom, aí saímos do Pantanal propriamente dito e fomos para Cuiabá, a capital do Mato Grosso, que é bastante diferente de Campo Grande, pois é uma cidade mais antiga.

Mas foi em Cuiabá, no campus da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), que eu vi os animais mais lindos:

A onça pintada!

As onças são animais muito bonitos, muito imponentes.
Havia um leão lá, mas eu nem o achei tão bonito quanto a onça e a pantera negra.


Araras-de-barriga-amarela!

Arara vermelha!

Eu já tinha visto araras - aqui no estado de São Paulo nem é tão incomum -, mas nunca tinha visto várias araras junto! Eu vi umas 30 delas juntas, todas coloridas, MUITO LINDO MESMO!

Ah, como já escrevi aqui, o animal mais lindo que eu vi lá foi a pantera negra... Pena que não apareceu muito nas fotos que eu tirei =/.

Por fim, fomos à Chapada dos Guimarães, que é cerca de 65 km de Cuiabá:


Uma das cachoeiras de lá, a "Véu de Noiva"

Bom, gente é isso. Para quem curte a natureza, faça essa viagem, que vale muito a pena. Meus próximos planos de turismo ecológico são para a Amazônia e para Bonito (MS).
Para quem não gosta de natureza, só digo isso: eu
nunca na minha vida pensei que fosse gostar, assim como nunca pensei que iria gostar de praticar atividade física ;). Assim, amanhã não se sabe, como diz a música dos Titãs...

Beijos, amigos! Que a semana tenha começado bem para todos!

PS: Rui Costa, obrigada pelo conselho :). Se você tiver um blog que não seja de emagrecimento me passe o link.

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Um sábado tranqüilo, mesmo com um churrasco em vista

Oi, gente! Me pesei hoje ao acordar e estou 1,1 Kg mais magra. E olha que ontem eu fui dramática, né, reclamando de que havia emagrecido 900 gramas. Ai, ai, mas eu sou assim mesmo.

Mudei o peso inicial da regüinha do blog porque quando eu comprei minha balança digital, ela marcava mais de 65 Kg, 65,9 Kg. Dá para imaginar o desespero que eu fiquei, né?
Eu não fico desesperada, na verdade. Eu fico é mal-humorada.

Ontem meu namorado veio aqui em casa à noite e eu tinha me pesado mais cedo. Tava chateada e mal-humorada e acabei descontando nele a respeito de assuntos que não tinham nada a ver... Tenho que ser mais controlada quanto ao resultado do meu peso.

---
Inspiração do dia

Pessoal, nossa querida amiga Márcia saiu dos 3 dígitos, está com 99,3 Kg! Que delíca, né? Meus parabéns, Márcia! Que você continue a evoluir ;).



---
Vou num churrasco aqui a pouco, mas nem estou preocupada ;), sei que não vou me matar de comer.

---
Rui Costa, que deixou um recado num post abaixo, mas que não tem blog: obrigada pela força! :) Beijos.

---

Beijos, pessoal, bom sábado para vocês.


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Uma inspiração

Oi, gente... Me pesei hoje ao acordar e fiquei meio decepcionada com a minha perda até agora, nesta semana: 900 gramas. Anteontem à noite, fui na casa de um amigo meu e, como não tínhamos o que fazer, mas eu queria dar uma volta, fomos a uma cachaçaria. Resultado: dividimos uma porção de bolinho de carne seca, uma espécie de croquete pequeno recheado com carne seca. Aí, já viram, né?
Fazia tempo que eu não me sentia culpada pelo que havia comido, mas nesse dia eu me senti.

Por outro lado, tive uns pensamentos de magra, por assim dizer, nesse mesmo dia. Quase que me desviei do meu percurso só para ir numa doceria comer torta de chocolate. Não rola, né? E ontem também resisti, e nem foi com sofrimento, à vontade noturna de comer doces. Isso me deixa satisfeita, claro :).

Espero ter hoje mais ânimo para me exercitar do que nos últimos dias. Eu estou naquela semana maravilhosa do mês, sabem? Então, a minha tendência é ficar naquele marasmo, só assistindo TV ou navegando na internet. Vamos ver. Também tô me policiando para cumprir as regras do "Desafio Desistir Jamais", como tomar 2 litros de água e 2 xícaras de chá verde, por dia.

Inspiração do Dia

Gente, creio que todas conheçam a Caroline Schneider. Vamos resumir: por conta de problemas emocionais, ela engordou muito, muito mesmo, chegando aos 126 kg! Resolveu melhorar e procurar ajuda. Em coisa de um ano depois, ela já tinha chegado aos 63 Kg, passando do manequim 54 ao manequim 38!

Vejam as fotos.


Antes, com 126 kg!

Depois, com 63 kg.

Conclusão: não parece a mesma pessoa. E, provavelmente, em muitos aspectos não é mesmo.

Gente, emagrecer 63 kg... Não é brincadeira...! Qualquer um consegue mesmo. Parabéns, Carol!

Beijos, amigas!

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Sobre a RA no Pantanal

Bom, gente, já falei bastante de mim nos últimos posts, mas evitei falar da RA. Principalmente porque engordei, é claro. Mas não comi que nem uma desesperada na viagem, não, como se eu tivesse passado meses presa, encarcerada (na RA) e tivesse escapado para a liberdade (férias). Hehehehe, isso que eu acabei de escrever me lembrou daquele filme Um Sonho de Liberdade, muito bom aliás.
Filme Um Sonho de Liberdade

Mas, enfim, a verdade é que, em relação à RA, eu fiz mais coisas de que me orgulho do que o contrário! Maior feito de todos: eu malhei por lá, nos hotéis! Juro, várias vezes, eu levantei cedo, de madrugada, e fiz esteira, até ultrapassando a minha meta semanal.

Eu
nunca na minha vida cogitei fazer academia ou exercícios nas férias quando eu estivesse viajando. Mas a verdade é que felizmente eu me acostumei a me exercitar e ficar sem me faz falta. Aliás, algo que eu venho percebendo é que, para mim, não é uma dieta que me leva aos exercícios, mas sim o contrário: quando eu faço exercícios, eu me motivo a ser mais atenta com a comida. Fiquei muito orgulhosa de mim por ter me exercitado na viagem! \o/

Quanto à alimentação: tive algumas vitórias. Comecei muito bem, sem me empanturrar, tomando o cuidado de comer os alimentos certos, de comer todos os grupos alimentares necessários.


Por lá, eu sempre:
-comia duas variedades de vegetais por dia;

-comia duas variedades de frutas a cada refeição.
-comia os alimentos aos quais eu não tenho hábito de comer, como brócolis e couve-flor.

-tomava refrigerante zero.
-usei adoçante o máximo possivel.


O meu problema foi que eu fui descambando na quantidade mais para o fim da viagem. Mas até o meio, eu evitava grandes quantidades, desnecessariamente, cheguei até a evitar comer salada com maionese e comer mais de uma variedade de doces. Evitava as frituras, preferia os assados. Também não bebi muito, o que ajudou.

Gente, não tem sensação melhor do que a de sentir que você até poderia, mas não está se matando de comer nas férias!
Só que chegou nos últimos dias, eu bebi pouca água e comi muito doce e comida - como uma "despedida", sabem? ¬¬ Tanto, que no último dia, o meu prato no jantar estava, não tem aqueles pratos que parecem uma montanha? Então, o meu estava um morro, digamos... Hahahaha, tenho que rir para não chorar. Até um senhor que estava no mesmo grupo que eu brincou comigo sobre isso.

Resultado: engordei 1,6 kg. Me pesei no sábado cedo e estava com 64,2 Kg e uma taxa de gordura de 35,8! A mais alta desde que eu comecei a medir. Bom, mas já dei uma desinchada de 500g (me pesei anteontem).

Tá sendo um pouquinho difícil retomar o ânimo. Eu tava num cansaço até uns dois dias atrás... Mas creio que vai dar tudo certo.
Mas, sabem, não tô chateada, não, principalmente porque lá eu fui dedicada com os exercícios. Tô me esforçando para retomar o ritmo.

De fato, RA, depois que você se acostuma, é definitiva. Você estranha quando não faz as coisas certinhas. E como o blog ajuda também, né? Faz a gente pensar que tem de dar satisfação para alguém, quem nos lê, e faz a gente tomar algum ânimo ou até vergonha na cara, hehehe.

Agora é me esforçar para retomar o ritmo.

Otimismo é tudo!

Beijinhos, minhas amigas!

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Tô precisando de um incenso

Oi, meninas. Hoje eu não estou aquelas coisas. Voltei para uma sensação antiga, sabem? Não posso entrar em detalhes, mas digamos que eu esteja revivendo situações antigas, chatas, que já deram o que tinham que dar. Uma obsessão para falar a verdade. Péssimo. Eu sou uma pessoa otimista. Tenho que seguir meus próprios conselhos... Tenho que me concentrar para melhorar.

Bom, mas deixa eu postar um pouco mais de fotos do Pantanal.


Café com rapadura, em Campo Grande - MS

Uma aldeia urbana (!), cujas casas têm telhados em forma de oca - reparem.

O hotel em que nós ficamos, com o Rio Cuiabá ao fundo

A árvore e os pássaros :)

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Voltei do Pantanal!

Oi, amigas, como vão? Espero que todas estejam bem - apesar de, infelizmente, algumas parecerem ter abandonado os blogs e (acho) a RA...

Gente, a minha viagem ao Pantanal foi perfeita, perfeita, PERFEITA! Sabem aquelas viagens nas quais parece que a gente "limpa" a mente, a cabeça, purifica? Pois é, tô me sentindo assim! Vou contando aos poucos sobre a viagem para vocês.


Já adianto uma coisinha: o bicho mais lindo que eu vi foi a
Pantera (onça negra)


E dez dias parecem que são pouco, mas ontem dei uma passadinha por cima nos blogs de vocês e tem tanta coisa para ler, tanta foto! Que delícia, hehehe ;).

Beijos, minhas amigas, e muito obrigada às que deram uma passadinha aqui enquanto eu estava viajando. Valeu! Já, já, visito cada uma.


Os raios do sol... - uma foto que eu tirei por lá, andando no rio.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Destino: Pantanal + RA!

Êêêê!!!!!
Alinhar ao centro


Como eu já tinha escrito aqui, vou para o Pantanal nestas férias! Saindo hoje à noite! Nossa, gente, não sei se parece exagero, mas esta viagem é um sonho meu! Quero muito conhecer paraísos ecológicos. Estou felicíssima!

Ai, gente, tenho que ser rápida, pois saio daqui a pouquinho e ainda tem um monte de coisa para organizar.

Bom, sobre a minha RA: me pesei hoje e estava com 62,6Kg. Engordei. Claro que não digo que não estou nem aí, que estou feliz, mas também não estou infeliz. Não posso estragar a minha viagem por conta disso, né?

A novidade é que eu me inscrevi para o Desafio Desistir Jamais, da Lu Francesa, de 10/02 a 10/03. No começo estarei viajando, mas farei o máximo para cumprir o possível do desafio por lá, como comer direitinho e fazer exercícios 4 vezes por semana. Minha meta é chegar ao final do desafio com 59 Kg. Vamos ver...

Beijinhos, amigas! Saudades já, de todas! Quando eu voltar, vou ter mais coisa para ler dos blogs de vocês ;). Volto daqui 10 dias, no outro final de semana.

Como diria a menininha do "Havaianas de Pau"...

..."eu aprendi": que uma boa maneira de suprir a vontade de doce à noite (principalmente) é comer gelatina.



Eu tenho uma vontade absurda de comer doce à noitão mesmo, antes de dormir. Adorava comer trufas, cones trufados à noite... Na verdade, gosto de comer à noite, depois do jantar. Ainda mais porque eu durmo tarde mesmo.

Aí, ontem, como tinha gelatina na geladeira, resolvi comê-la. Também porque não havia mais nenhum doce em casa, em especial chocolate, admito ¬¬. Mas a experiência foi ótima. Hoje também já tomei meu potinho de gelatina e resolvi misturá-la com um iogurte de pêssegos light. Ficou muito bom. E tudo com umas 60 calorias, no máximo.

Não vou ser hipócrita e dizer que gelatina substitui 100% um cone trufado de mousse de chocolate, por exemplo... Mas, pelo menos, não me deixa morta de vontade de comer um doce CHEÍSSIMO de calorias à noite. Nossa... Não sei exatamente quantas calorias tem - umas 500, acho - mas dá a impressão de que eu engordo só de pensar num cone trufado :O.




É bom, claro, mas afff... Só pode de vez em quando mesmo.

Beijinhos!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Livros do "Esquadrão da Moda"

Serviço de utilidade pública, amigas, hahaha:

Vocês conhecem os programas "Esquadrão da Moda"? Tem uma versão inglesa, com duas mulheres como consultoras, e uma versão americana, com um casal. Não sei dizer exatamente os horários e canais em que eles passam; sei que a versão inglesa passa no canal People & Arts.

Basicamente, é o seguinte: uma pessoa comum que tem dificuldades e dúvidas para se arrumar procura os consultores do programa que lhes darão conselhos. A versão inglesa é bastante engraçada e, às vezes, as apresentadoras Trinny e a Susannah pegam pesado no sarcasmo com as pessoas... Mas vale a pena assistir. Enfim, os programas fazem tanto sucesso que lançaram livros com dicas de moda.

Eu comprei os dois livros ;). Um para mim e outro de presente para um amigo. E vou deixar aqui a minha opinião sobre eles, caso alguém tenha interesse, já tenha ouvido falar, etc, mas esteja em dúvidas sobre qual comprar.


A versão inglesa, de Trinny Woodal e Susannah Constantine :
-destina-se a dicas só para mulheres.
-Não sugere um visual completo, mas sim trabalha com pontos específicos: culote, barriguinha, seios grandes, braços grossos, etc.
-é um pouco mais barato.


A versão americana, de Clinton Kelly e Stacy London:
-destina-se tanto a homens quanto a mulheres.
-trabalha com o visual completo (trabalho, fins-de-semana, noite, etc), e não com pontos específicos.
-as sugestões são divididas em biotipos: grande em cima e magra embaixo; magra em cima e grande embaixo; gordinhas, etc.
-é um pouco mais caro.

Para mim, é mais útil a versão inglesa, pois é mais específica ao sugerir modelitos em relação aos tamanhos dos braços, do pescoço, etc. Além disso, eu acho que as sugestões da versão americana são para gostos um pouco... americanos! Tipo os cortes e tecidos que eles costumam usar. Mas, claro, em qualquer lugar do mundo, as dicas do livro deixam a pessoa bem arrumada.

Enfim, vai de cada um a preferência ;).

Sabem, algo interessante que eu li na versão americana é que muitas pessoas pensam coisas do tipo "só vou comprar roupas novas quando emagrecer". EU JÁ FUI ASSIM POR MUITO TEMPO. E não valeu a pena ¬¬. E eles arrematam com uma verdade: "Você tem que se arrumar hoje para se sentir bem hoje, pois isso é meio caminho andado para evoluir e estar melhor amanhã." Eu concordo ;).

**Update:
O que eles escrevem literalmente é o seguinte:

"Vista seu corpo atual. Não espere até você perder aqueles últimos "cinco quilinhos", ou passar a fazer "350 abdominais por dia". Embora não seja nossa intenção desencorajar ninguém quanto às suas metas, nosso objetivo se concentra em estar bem vestido no presente. Nossa experiência nos diz que, ao sentir-se bem hoje, você já estará a meio caminho de sentir bem mais tarde. Andar por aí usando blusões folgados dá a impressão de que já se jogou a toalha, e assim corre-se o risco de internalizar esse sentimento. Portanto, esta é uma daquelas ocasiões únicas na vida em que uma rápida intervenção/transformação pode trazer resultados a longo prazo - o que já vimos acontecer milhares de vezes. Assim, não espere por mudanças que podem ou não ocorrer no futuro. Você está bem como é, no presente."

Fica a dica, então.

---
Sobre a minha RA: com seus deslizes, mas melhorando, por preferência e não por imposição ;).

Beijos, amigas.