sábado, 27 de fevereiro de 2010

Esquecemos o que somos: simples de coração...

Olá, amigas e amigo ;), como estão? Espero que bem.

Então, uns dez dias sem escrever, não é? Bem, as coisas continuam mais ou menos as mesmas.

Problema profissional - no ambiente de trabalho: o clima tenso diminuiu. Mas não cumprimento, não converso - e nem vou! - com os traíras. É meio chato, mas é algo a que eu vou ter de me adaptar e desencanar mesmo. Não tem outro caminho. Mas não por muito tempo também!

Vou prestar um concurso daqui a alguns dias para trabalhar num lugar bem melhor e ganhar mais. Torçam por mim! Por isso, vou ficar umas duas semanas sem acessar muito a internet, sem escrever e visitar os blogs amigos apenas esporadicamente. Vou conseguir me desligar de outras coisas e me concentrar nos estudos - espero! -, porque é por um bem maior.

Mas confesso que estou com um medinho de eu não passar! E sei que isso não pode. Não posso começar a estudar já estando com receio e pensando que tem gente que vai melhor do que eu...

De todo modo, deixa eu deixar registrado aqui uns conselhos bem úteis que eu recebi para quando me sentir aborrecida (eu estava muito assim na semana passada): fazer uma prece; ouvir uma música de que eu goste; ler algum livro interessante; FICAR PERTO E TOCAR UMA PLANTA! Este último foi o que eu achei mais inusitado e ainda não testei, mas achei interessante.

E para finalizar: eu estava enrolando para começar a estudar para esse concurso porque fiquei bitolada com esse rolo do trabalho. Aí, tipo assim ONTEM, comecei a lembrar de coisas que me aconteceram num passado remoto e me toquei de que EU NÃO POSSO DEIXAR DE FAZER COISAS QUE ME BENEFICIAM POR CAUSA DE GENTE IDIOTA E QUE NÃO PRESTA! Agora, é pôr em prática e estudar (hehehe)! Leio isso e parece que eu sou a pessoa mais ingênua do planeta, afff ¬¬. Enfim...

Peso: eu cheguei a 61 kg uns dias atrás, né? ¬¬ Mas me pesei na última quarta e voltei aos 60,2 kg \o/. Eu parei de me empanturrar e voltei a comer normalmente. Só fiz isso e melhorou.

Exercícios físicos: nenhunzinho sequer. Como eu já havia dito, só vou retomá-los quando passar esse concurso.

101 coisas para fazer em 1001 dias: isso está um pouco devagar desde que as aulas começaram. Eu estava me sentindo meio sobrecarregada, sem conseguir me organizar para cumprir minhas obrigações e meio aborrecida e irritada por tudo. Mas, enfim, um dos objetivos, que é aprender a fazer as unhas sozinha, está andando. Eu ando treinando, apesar de que cansa a minha paciência... E esse "bendito" calor não ajuda, pois eu passo esmalte e surgem aquelas horríveis bolinhas ¬¬. Enfim, vou comprar um spray secante de esmalte. Creio que ajude. Comprei uns esmaltes bem legais e quero, é claro, que eles fiquem bonitos nas minhas unhas sem que eu tenha que me esgotar por causa disso.

(Sinceramente, alguém consegue ver um lado positivo no calorão que tem feito? Eu não consigo mesmo...)

Falando em comprar, vocês sabem que eu estava no MAIOR frenesi consumista, né? Mas, sei lá, tive um click e desencanei um pouco disso também ;). Quero ir liquidando minhas contas - porque desde que fui viajar para fora, eu estou meio - leia-se quase 100% - quebrada.

É isso, amigas e amigo ;). Torçam mesmo por mim e muito obrigada pelos comentários de apoio.

Beijão, volto daqui umas semanas!


PS: o título do post refere-se à música Simples de Coração, dos Engenheiros dos Hawaii, a qual, eu creio, que muito me resume...

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O ano só começa depois da SEMANA de Carnaval

Hehehehehe, o ano não começou hoje, não. Só na segunda-feira. Semana de Carnaval, o povo ainda não tá com o gás total!

Oi, amigas, tudo bem?

Passei rapidinho para desabafar, mas provavelmente escreverei um pouco, hehehe. Isso porque já conversei com a minha mãe, com o meu namorado.

Hoje o dia foi meio aborrecido. Nesses três dias da semana, não haverá aulas, mas sim planejamento na escola - época em que se conversa sobre os alunos, o ensino, as regras para os professores, etc.

Não foi chato por causa disso, mas por causa do ambiente tenso, entendem? A diretora e a supervisora conversaram com os professores como se fôssemos alunos sem educação! ¬¬ Arbitrariamente, dando sermões antecipados. Um saco! Comecei a avaliar sobre se eu não sou assim com meus alunos também - ninguém merece e não ajuda em nada. Falar sobre as aulas, dar boas dicas, etc, ninguém fala! Coisas boas passam ao longe; coisas chatas são enfatizadas.

E para piorar, vi que tinham feito uma palhaçada e uma burrice a respeito dos meus horários e fiquei mais mal-humorada ainda. Mas pedi para resolverem e acredito que tenha dado certo. Afff! Sabe quando você se irrita com a idiotice e a falta de competência dos outros?

Bom, depois vim para casa e, como estava cansada e tensa, dormi a tarde toda! Mas, depois que acordei, resolvi alguns problemas = uma evolução em meio a esse marasmo.

Bebi pouca água hoje, comi chocolate sem ter vontade - por impulso -, tomei Danette (por estresse, em vez de fazer um lanche saudável ) e decidi só voltar à academia mês que vem - depois de um concurso.

Olha, eu reconheço que eu não tenho sido uma boa menina quanto, principalmente, à malhação, mas também em relação à alimentação e ao meu, digamos, equilíbrio psicológico. Mas sabe quando você está num momento de exaurir seus aborrecimentos e suas chateações para depois levantar? Pois é, estou assim. Para vocês terem uma ideia, está difícil pensar numa coisa boa do dia de hoje, por exemplo... Em outras palavras, estou dizendo que estou cega, né? Porque é racionalmente estar T-U-D-O ruim.

Só que eu também reconheço e sei que eu só vou sair dessa "fossa" me ajudando também, fazer alguma coisa para melhorar... As coisas não vão melhorar naturalmente, do nada. Isso não existe. Acredito que o tempo melhore e atenue, sim, os problemas, mas demora MUITO, DEMAIS se a própria pessoa não se ajudar.

Mas não pensem que não esteja alegre, que eu esteja triste e cabisbaixa, obcecada pelo que está acontecendo. Não é o caso... Tô me adaptando para não sofrer demais pela pequenez alheia e, para isso, talvez eu tenha que ficar meio morgando por uns dias... Mas SÓ por UNS dias ;).

Beijos, amigas, bom resto de semana.


domingo, 14 de fevereiro de 2010

Entrando no prumo - O Poder das Afirmações Positivas

Oi, amigas, tudo bem? Eu estou bem melhor :)! Praticamente 100% melhor.

Como eu sempre começo meus posts falando sobre a minha vida e depois escrevo sobre alimentação e exercícios, hoje eu vou variar ;).

Alimentação: razoável. Sem (muitos) exageros, mas também sem frenesi light. Um dia desses, eu estava completamente esgotada fisicamente e cheguei a comer duas trufas no mesmo dia! Um porque eu estava com bastante fome; dois porque eu acho que ajuda a desestressar.

Mas não tive nenhuma variação de peso significativa. Pesei-me ontem e estava 300g mais "gorda" - o que considero normal.

Exercícios: eu tinha prometido que voltaria à academia na quarta-feira última, dia 10/02. Porém, confesso que não cumpri. Mas realmente tive meus motivos: nessa semana que passou eu fiquei MUITO, MUITO cansada fisicamente. E eu também estava esperando as definições de alguns horários para poder organizar a minha vida.

Agora, eu não sei se retomo na próxima quarta-feira (de Cinzas) ou somente no mês que vem. Digo isso porque já perdi uma semana - já que costumo pagar no dia 10 de cada mês. Tá, é uma desculpa, sim. Não estou com muita vontade de voltar a treinar neste mês. Mas também eu reconheço o caráter essencial da musculação na definição do corpo. Vou ver o que fazer... (Nada, provavelmente.)

Água: estou me policiando para beber bastante e estou conseguindo.

Tratamento estético: lembram-se de que eu falei uns dois posts atrás que começaria a usar um creme da Avon contra estrias e celulite? Pois então, vou retomar amanhã - porque dia 15 é um número mais redondo, sério -, porque eu não tive energias para ser disciplinada quanto a isso na semana passada.

---
Bom, amigas, como já deu para perceber, a semana que passou foi bastante estressante, tanto física quanto emocionalmente. Para vocês terem uma ideia: do domingo para a segunda, primeiro dia de aula, eu não conseguia dormir! Só descansei por duas horas. Eu estava ansiosa e ainda meio nervosa por causa das professoras-víboras. E não ter dormido direito nessa noite me deixou cansadíssima a semana toda.

Eu estou melhor quanto àquele assunto dessas professoras falsas, já quase esqueci. Mas fui retomando a vida e as coisas que eu gosto de fazer durante a semana mesmo, aos poucos.

Tive outra decepção/chateação em outro lugar e dessa vez por causa de panelinhas. Mas também estou superando isso.

É, quem lê pensa que a minha vida é só reclamação, né? Hehehehe. Eu reclamo muito, sim, mas não sempre. Depende da época.

Uma dica: quando eu estava viajando, eu comprei, por acaso, o livro O Poder das Afirmações Positivas, de Louise Hay, um clássico, creio eu, da autoajuda e do poder da mente. Eu não gostei muito nos primeiros dias porque eu achei muito simplório e resumido. Mas seus ensinamentos acabaram me sendo úteis nesses dias.

No auge do meu desgaste por causa da escola, no final-de-semana passado, eu não conseguia dormir de jeito nenhum. Ficava obcecada pensando nas coisas que aconteceram, remoendo, etc. Daí, mais estressada do que nunca, segui um conselho que a autora dá a respeito de estresse: respirar pausadamente, com concentração. Consegui pegar no sono assim. E utilizei essa técnica em outros momentos de desgaste... Vale a pena.

---
Então, amigas, é isso. O que eu quero fazer nesta semana que se inicia é continuar retomando a minha vida, tanto as obrigações quanto as coisas que me agradam (maquiagem, ler, etc, hehehe). Também, pelo menos, começar um relatório de pesquisa que está atrasadíssimo! E beber bastante água ;).

Um beijo a todas e boa semana.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Covil no trabalho: não vou ficar sofrendo

Olá, amigas! Como estão?

Eu vou mais ou menos. Vou resumir bem o que aconteceu: me passaram a perna na atribuição de aulas! Primeiro teve uma, em que eu me dei bem. Depois, através de meios traiçoeiros e mesquinhos, conseguiram fazer outra, pelas minhas costas. E nem vou escrever aqui sobre o estresse todo: as discussões, as ofensas, a inveja, o despeito.

Isso tudo aconteceu na quinta-feira. Confesso que isso me abalou psicologicamente. Eu fiquei bastante chateada e nem estava comendo direito. Não estava com vontade de fazer nada, nem as coisas de que eu gosto, não me concentrava em nada. E eu fiquei com uma crise de ansiedade tão grande, que as minhas mãos e os meus pés suavam frio... ODEIO isso.

Bem, acalmei-me, rezei bastante, pedi ajuda divina e agora estou melhor. Levantei. Ainda estou suando frio, mas tenho certeza de que vai melhorar.

O pior é o climão chato que vai ficar no ambiente de trabalho... Vou ter que esquecer que existem algumas pessoas. Sei que não é certo ficar com mágoa, etc, então tenho que esquecer que existem mesmo... Porque não dá para fingir que certas pessoas tentaram e conseguiram te prejudicar MUITO, não é?

Mas, não, não é que fiquei sem classes para dar aulas. O que aconteceu é que me tiraram as que eu tinha escolhido, ou seja, roubaram um direito meu, feito nas conformidades, por causa de panelinha, conversa de comadre e, principalmente, falta de honestidade.

Mas, enfim, rezei bastante e sei que o que é meu me será dado - ou melhor, devolvido...

---
Pesei-me hoje: 60,5 kg e 30,5% de taxa de gordura. Ou seja: menos 700 g nesta semana.

Academia: começo dia 10.

---
Agora, é retomar a minha vida e esquecer esse problema todo.

Um beijo e boa semana a todas!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Entrando nos eixos - creme para pés Yamá

Oi, amigas, tudo bem com vocês? Espero que sim.

Então, quanto às neuras do post passado, tudo se resolveu da melhor forma possível ;). Realmente, eram neuras. Eu telefonei ao meu psicólogo, a conversa foi produtiva, ele me deu umas dicas "técnicas" e tudo acabou bem. Acabei ficando nas casas dos meus parentes até quinta-feira mesmo e cheguei em casa no mesmo dia.

Enfim, férias acabando. Esta semana tem jeito de que vai ser meio chata. Eu, com a minha maravilhosa vida de professora, ainda não sei em que período estarei dando aulas na próxima segunda. Mas eu REZO para que seja de manhã. Pensamento positivo que vai dar certo.

Voltei mais gordinha da viagem. Comi demais nos últimos dias, creio que por ansiedade. Pesei-me na sexta, e a balança marcou 61,7 kg, um aumento de 1,7 kg em duas semanas. Bem, mas fui diminuindo a quantidade de comida, e hoje a balança marcou 61,2 kg. Está bom, né? Em 5 dias, meio quilo. Logo, retorno aos 60 kg ;)! E depois aos sonhados 58 kg!

Nos últimos dias, não sei por que exatamente, mas eu andei sentindo muita fome. Deve ser o retorno à rotina, algo assim. Mas acho que já melhorou.

Quanto à academia, só volto no dia 10 mesmo.

---
Amigas, comprei várias coisas na minha viagem. Uma delas foi o creme para mãos, rosto e pés Yamá. Claro que é uma marca manjadíssima, do famoso condicionador Yamasterol. Enfim, o meu objetivo era comprar um creme para pés, que prevenisse e/ou tratasse rachaduras, ressecamento, etc. Claro que, como boa pessoa econômica que sou, escolhi um dos mais baratinhos para testar e, ainda por cima, em embalagem pequena (de 75 g, um potinho pequeno).

E eu recomendo! De tanto andar nessa viagem, eu fiquei com bolhas nos pés /glamour off. Usei o creme nas bolhas - tanto em duas que eu estourei quanto em outra que eu me controlei para não mexer -, e os machucados sararam! Recomendo mesmo. Eu não sei se eu usaria este creme para o rosto, mas para mãos e pés, está ótimo. Ah, mas tem um porém quanto à utilizá-lo para as mãos: não tem filtro solar.

---
Comecei a praticar a fazer as mãos e os pés sozinha, hehehe. Gente, que trabalheira! O resultado não ficou perfeito, mas muito menos ficou feio. Tenho que treinar mais apenas, para assimilar bem as técnicas. Olha, para falar a verdade, eu não me machuquei tirando a cutícula como algumas manicures profissionais já me picaram! Agora também inventei de tirar a cutícula e esmaltar as unhas de quem eu puder, hahaha.

---
Hoje também, eu comecei a usar o Renew Clinical Tri-Laser Corretor de Estrias e Celulites, da Avon. Não o vi mais do que uma vez em catálogos, então não sei se ainda há para vender. Eu comprei numa promoção, na época. Deve-se usá-lo de manhã e à noite. Quero ver se as estrias que tenho melhoram com esse produto, nem estou preocupada com a celulite... Serei bem disciplinada na utilização e depois conto aqui se vale a pena. Creio que o frasco dê para uns três meses...

---

É isso, amigas. Que comece bem o nosso mês e que acabem bem as minhas férias!

Beijão!