sexta-feira, 25 de junho de 2010

Direto da Copa do Mundo

Ou melhor: direto da hora da Copa do Mundo, hehehe. Não que eu absolutamente odeie, mas não faço questão, não gosto de me viciar. E essa história de as pessoas virarem AS patriotas apenas durante o mundial me incomoda. Então, aproveito as dispensas do trabalho por conta dos jogos como tempo livre mesmo. Eu estava corrigindo provas (ai!), estou agora aqui escrevendo e daqui a pouco vou dar uma arrumada no meu quarto , almoçar e... voltar para a escola (pois é, acreditem).

---
Ontem, eu me pesei e, apesar de ter feito algumas modificações na alimentação, meu peso não diminuiu em NADA. Bom, claro que não achei muito legal. Mas também pensei que eu não podia desanimar, que também não adiantava eu me empanturrar de comer por VINGANÇA (contra quem, né?).

Então, continuo dando uma contralada na alimentação e AINDA devo tirar um tempo para refletir sobre R.A. Eu prometi que faria isso até ontem, mas realmente não tive como.

Não tive tempo também para pesquisar sobre o pilates, mas da semana que vem não passa!
---
É isso por hoje, amigos!

Beijos e aproveitem o Copa (quem gostar) e o final-de-semana.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

E o comprometimento?

Olá, amigos, tudo bem?

Eu ia começar este post com uma piada infame... Mas calculei que é ser pejorativa comigo mesma, para sublimar os problemas que venho tendo com comida, nos últimos tempos...

Enfim, eu estou "bem" gorda: 64,7 kg, 35,9% de taxa de gordura. Sem palavras... Não vou falar nada para minimizar isso.

Quando me vi com este peso, na semana passada, decidi que emagreceria pelo menos um quilo até o final do mês... Claro que ainda desejo isso, mas, sendo bem realista, não estou comprometida com esta meta... Tipo: o que estou fazendo MESMO, calculadamente, para melhorar?

Paro por aqui, por hoje, quanto a este assunto, pois ainda tenho que refletir sobre tudo.

---
As questões na escola melhoraram. A Mírian me deu um conselho de ouro: não levar para o lado pessoal.

Olha, para ser sincera - e não hipócrita -, estou feliz por o semestre estar acabando e as férias estarem próximas. Tô meio cansada, claro...

---
Não voltei para a academia e não sei se volto. Mas sinto imensamente a falta DOS EFEITOS da musculação. Estou pensando em fazer pilates, pois fortalece a musculatura e é mais light. Verei sobre isso logo.

---
Ah, uma, ahn, digamos, dica...

Lembram-se que eu disse, uns dois posts atrás, que eu estava comendo uma barra de chocolate POR DIA? Pois, então... Semana passada, eu fiz uma coisa descarada, para desbundar mesmo a minha vontade por doce: comprei uma daquelas coberturas de chocolate ao leite, de 500g - leia-se "MEIO quilo"-, da Garoto!!! Tipo assim, aquela profissional, entendem?

Mas acreditam que isso tem feito eu comer menos chocolate? Explico: eu "ingeria" uma barra de chocolate de 180g de um dia para o outro numa boa, como quem come um tabletinho pequeno. Mas com a "barrona" de chocolate, eu manero e consumo apenas um "quadradinho" , porque eu tenho VERGONHA de comer mais!

E, como um "quadradinho" dessas barras são menores do que uma barra "normal" de chocolate, eu consumo menos calorias e acaba dando mais certo.

Apesar de meio grotesca, essa dica pode ser útil...

---
Eu revi minha lista de "101 coisas em 1001 dias"... Não cumpri muitos itens quanto ao lado profissional para os quais estipulei prazo. Mas não choro (muito) pelo leite derramado. A questão agora é repensar e refazer a lista. E FAZER ao que eu me propor...

Mas, num balanço geral, fiz e estou fazendo muita coisa pendente.

---
PROMETO que até quinta-feira, tirarei um tempo para refletir sobre a minha situação com comida, peso, saúde.

---
Mas, é isso, por ora, amigos.

Beijos e boa semana!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

"Vulnerabilidade sócio-emocional"

Olá, amigos. Serei franca: por aqui, as coisas não estão muito legais.

Segunda e terça foram dias muito ruins para mim, na escola. Estou bastante desmotivada em dar aula, principalmente por causa da falta de educação e da alienação da maioria dos alunos. O tempo, os dias, o ano vão passando e tudo vai cansando, sabem?

E aí eu me sinto
incompetente, e isso me chateia, é claro. Eu sei que tenho motivo, que não é exatamente neura da minha cabeça, mas eu fico o tempo todo em alerta: chamando a atenção de alunos, batendo de frente com quem não vale a pena - principalmente, alunos perturbados emocionalmente -, preocupada em passar o conteúdo, em organizar as atividades.

Sendo mais franca ainda: esse, digamos, transtorno tem se traduzido em compulsão alimentar.
Segunda-feira, eu fui embora chateada por uma aluna ter me respondido, por outra ter me desobedecido (e eu ter que ficar chamando atenção e mandando fazer, cobrando respeito, etc). Daí, passei no supermercado e comprei uma caixa de bombons da
Garoto. Confesso que até o fim da noite, eu já a tinha devorado praticamente inteira.

Eu tinha
prometido aqui no blog que iria à academia no começo da semana. Mas essas chateações - ou não, não sei se é desculpa da minha parte - não me deram vontade nem um pouco de sair de casa, no frio, para treinar e sujar meu cabelo (/neura on).

Bom, aí à noite não dormi bem, pois não tomei meu remédio para dormir. (Detalhe: eu viciei nisso e agora está sendo meio difícil me desprender.) Acordei cedo, fiquei o dia todo atrás da escola. No final da tarde, eu estava (emocionalmente) esgotada e, ainda por cima, as últimas aulas foram em classes bem ruins e desgastantes.

Olha, sei que professores reclamam muito dos alunos. Quando eu não dava aula, achava que era muito exagero. É exagero e mania de reclamar? Sim, mas só um pouco. Tem muito fundo de verdade, muito mesmo. Tem coisas que se veem que são inacreditáveis! Pensem em alunos de 11, 12 anos que não sabem a própria data de nascimento! Isso, por exemplo, é realíssimo... Hoje, uma professora amiga minha disse ao final da aula que parecia que ela havia saído de uma guerra. Acreditem, parece mesmo.

Mas, retomando, na terça-feira, ontem, eu saí da escola hipercansada e passei de novo no supermercado. Comprei um Cebolitos e uma barra de chocolate. Cheguei em casa, comi o salgadinho e comi bastante chocolate. Nem me passou pela cabeça ir à academia. (Desculpa: havia dormido apenas duas horas na noite anterior). No final das contas, fui dormir cedo com dor de estômago.

Eu percebo que tudo isso é compulsão alimentar por problemas, hum, emocionais. Aliás, por uma vulnerabilidade "sócio-emocional" pela que estou passando. Eu também percebo que como muita dessa
junkie-food por impulso, sem vontade. Percebo essas coisas na hora, como com o Cebolitos.

Para "coroar", eu dormi cedo e acordei para falar com meu namorado ao telefone. E tô aqui, de madrugada, acordadona. Mas já tomei meu remédio e amanhã poderei descansar um pouco.

Sei que a primeira coisa que devo fazer é voltar a regular meu sono. Dormir bem à noite e fazer as atividades à luz do dia é OUTRA vida. Acredito que mais para o fim da semana eu esteja mais disciplinada quanto a isso.

Eu estava meio desmotivada também em fazer outras coisas, outras atividades que deveriam ser legais. Vamos ver se isso melhora.

Bom, amigos, é isso, então.

Um beijo e bom resto de semana!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Aproveitando o feriado

Oi, amigos, tudo bem? Espero que sim.

Duas semanas sem escrever e, acreditem, muita coisa se passou.

Mas vamos nos concentrar no presente e no futuro, não é?

Eu engordei um pouco mais: na sexta-feira passada, estava com 63,3 kg e 33,9% de taxa de gordura. Eu comi MUITO chocolate nesses dias, mas MUITO mesmo. Coisa de uma (!) barra de chocolate por dia.

Hoje eu fui passear no shopping, sozinha. Fiquei meio para baixo porque me senti deslocada, sabem? O clima estava meio chato mesmo, umas vendedoras metidas, nada de muito legal... Também, passeando por uma loja, me olhei no espelho e me senti fora de forma, desajeitada, meio sem sal. Hehehehe, empolgação total, né? Mas, enfim, pelo menos me serviu para não comprar mais uma barra de chocolate. Um chá de realidade de vez em quando faz bem.

De todo modo, o controle está começando - também com comidas "normais", do dia-a-dia.


Eu fui experimentar umas roupas e ACHEI que já estava vestindo G, mas não: tamanho médio, certinho.

Não sei se é por causa do frio, mas quase não estou tomando água, nem líquido nenhum.

Anyway, voltarei à academia na segunda-feira - sem protelar desta vez.

---
Eu já fui do tipo de pessoa iludida de achar que dietas restritivas seriam prejuízo, a longo prazo, e mais danosas do que benéficas. No entanto, do jeito que eu estou, também não dá para continuar. Devo, SIM, me policiar e fazer o possível para conquistar meu objetivo e PERMANECER lá.

Assim, estou até cogitando em fazer uma dieta restritiva ou me impor um prazo para emagrecer. Vou amadurecer a ideia.

---
Outra resolução (meio que fora do assunto) é que eu decidi parar de gastar tanto dinheiro e cosméticos e começar a usar tudo o que já tenho, o que é muita coisa.

(Mas claro que esta resolução começa amanhã porque hoje já comprei um delineador, dois esmaltes e uma máscara para cílios.)
---
Falando em esmaltes, uma das minhas metas de "101 coisas em 1001 dias" é justamente aprender a fazer a manicure. E está dando certo, porque eu já me aperfeiçoei bastante :).

---
Quero e estou aproveitando o feriadão. Tipo, já fui passear no shopping, vou sair com os amigos, ver um filme, concretizar algumas coisas - em vez de ficar o tempo todo na internet ou deitada vendo TV.

---
E começar os preparativos para o Dia dos Namorados, né? :).

---
É isso, amigos. Bom feriado também.

Beijos!